Segunda-feira, 7 de Agosto de 2006

O abismo...

 

Era bom que os céus com toda a sua plenitude e poderes, me conseguissem guiar por este inferno que é a minha vida… Que finalmente me dessem a tão esperada resposta em como anular esta dor interminável que sinto! Mas tenho que ser honesta comigo mesma, tentei o melhor que sabia e que podia, mas algures no meio do caminho e fui apanhada por tudo o que havia para oferecer e agora vejo que o preço foi demasiado elevado para o suportar… Apesar de todas as tentativas de não descarrilar, acabei por cair da linha e vou-me afundando, cada vez mais fundo… Fiz asneira, é melhor admitir e assim ninguém terá de mo dizer “eu avisei-te!!!”…

Todos nos fazemos tudo com as melhores das intenções, até as sensações são puras e cruas… Acreditamos que nos podemos mudar a nós mesmos e que o passado é isso mesmo e não se irá repetir… Mas andamos com as costas voltadas para a verdade e o tempo obriga-nos a voltar-nos e a encarar a verdade de frente!

É nas primeiras horas da manhã, quando abrimos os olhos que vemos na realidade o tamanho da nossa dor, é uma ferida incurável, um sabor amargo de termos perdido tudo o que nos era importante!

E continuo-o a cair neste abismo, cada vez mais fundo… Mas a culpada fui eu, só eu!

Os céus não se irão mover para me parar desta queda livre… Já não há mais coisa nenhum onde me agarrar…

Estou perdida para todos os que julgava meus amigos, para todos os que conheço… Eles voltam o olhar para não me verem, para não sentirem vergonha… Fingem que não me vêem! Não faz mal…

Todos nós estamos sujeitos ao mesmo… Basta apenas um pequeno deslize e caímos dentro desta queda livre para o nada!

Mas quando chegar a vez deles eu estarei sempre lá para amparar a queda e ajuda-los a subir!!!

 

Por muito que tenha tentado, deixei-me cair… Acontece!

 

Irei continuar a afundar-me até não haver mais nada!

 

Vou permanecer por ai algum tempo… Adormecida a tudo e todos!

 

Irei acordar mais tarde… E tornará tudo a acontecer novamente…

 

Pois não podemos mudar o que somos e para o que fomos talhados…

 

É a vida…

 

E esta é a única que tenho!

publicado por bluespirit às 13:56
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29

.posts recentes

. Acrilico - Reconstrução

. Vou alterar o meu blog :)...

. Hoje...

. O meu nino é Bebé hoje :)

. Yuuppiiii começa hoje o v...

. Momentos Kodak...

. Tu és o meu "tudo"!

. Novo Cabeçalho... E uma p...

. Pensamentos fragmentados!

. Amar é...

.arquivos

. Fevereiro 2012

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.tags

. todas as tags

.Bluespirit a alguns amigos...

.Bluespirit's que já cá estiveram!

Counter Stats
wimbledon
wimbledon Counter
blogs SAPO

.subscrever feeds